Mais oito escolas da Rede Municipal de Nova Iguaçu retomam às aulas presenciais nesta segunda-feira (8)

Mais oito escolas da Rede Municipal de Nova Iguaçu passam a ter aulas presenciais a partir desta segunda-feira (8). Elas se juntam às outras 121 que começaram suas atividades na última quarta-feira (3).

Das 143 unidades escolares, 14 ainda estão passando por reformas. Duas delas, a E. M. Prof. Amazor Vieira Borges e E. M. Dr. Ruy Berçot de Mattos, por estarem passando por reformas mais amplas, como construção de cobertura de quadra esportiva, só terão aulas no início de 2022.

Serão abertas nesta segunda as seguintes escolas: Caiesp Castorina Faria Lima, Escola Municipal Capistrano De Abreu, E. M. José Ribeiro Guimarães, E. M. Kerma Moreira Franco, E. M. Professora Iramar da Costa Lima Miguel, E. M. Professora Irene da Silva Oliveira, E. M. Professor Paulo Freire e E. M. Vale do Tinguá.

As 12 escolas municipais que estão em reformas e estão próximas de retornarem são: Ciep 033 Alfredo da Rocha Viana Filho, Ciep 187 Benedito Laranjeiras, Ciep 325 Austregésilo de Athayde, Ciep 360 Professora Iara Simão Vieira, Escola Municipal Alfredo Pereira de Magalhães,  E. M. América Xavier da Silveira, E. M. Darcílio Ayres Raunheitti, E. M. Luiz de Lemos, E. M.  Presidente Getúlio Dorneles Vargas, E. M. Rui Barbosa, E. M. Visconde de Itaboraí e EMEI Jardim Europa. Os alunos seguem estudando de forma online. As unidades seguem com obras e serão liberadas de forma gradativa.

“A Prefeitura de Nova Iguaçu tem um projeto de reforma e manutenção de todas as 143 unidades escolares, que iria começar no início de 2020. Mas veio a pandemia e tivemos que adiar e priorizar nossos recursos para o combate ao coronavírus. Como a contaminação retrocedeu e a vacinação está dando ótimos resultados em Nova Iguaçu, retomamos as reformas e pudemos iniciar as aulas em 121 escolas. A chuva atrapalhou o trabalho das equipes de obras, mas elas seguem em ação para que todas as outras unidades sejam reabertas o quanto antes”, disse o prefeito Rogerio Lisboa.

Na última sexta-feira (5), a secretária da SEMED, Maria Virgínia Andrade Rocha, visitou escolas em reformas. Na E. M. Capistrano de Abreu, no bairro Imperador, por exemplo, a rede de esgoto estava impedida, impossibilitando a utilização dos banheiros. Este e outros problemas foram resolvidos e os alunos poderão voltar às aulas nesta segunda. Já em Austin, na E. M. Rui Barbosa, a equipe de obras está eliminando infiltrações, recuperando telhados existentes e instalando novas coberturas, entre outros serviços.

“Algumas salas dessas escolas serão liberadas para o retorno dos nossos alunos. Paralelamente, daremos prosseguimento à reforma dos outros espaços da escola”, esclareceu a secretária.