Bolsa Atleta vai incentivar atletas e paratletas de Nova Iguaçu

Nova Iguaçu está dando um importante passo no fomento ao esporte na cidade. Nesta sexta-feira (25), a Prefeitura publicou, em Diário Oficial, o lançamento do Bolsa Atleta do município. Este programa vai patrocinar individualmente atletas e para-atletas de alto rendimento em competições nacionais e internacionais de sua modalidade.

Uma comissão vai avaliar se o pretendente tem direito ao benefício, que será pago pela Prefeitura. Caso seja aprovado, o atleta ou para-atleta irá receber o auxílio por 12 meses, podendo ser renovado por mais 12 meses. A expectativa é que o Bolsa Atleta atenda de 100 a 150 esportistas iguaçuanos.

A Secretaria de Esporte e Lazer de Nova Iguaçu vai dividir os participantes em várias categorias: Olímpico ou paraolímpico, Internacional, nacional, estadual e estudantil. O valor do patrocínio será liberado mensalmente e depositado em conta corrente do beneficiado ou de seu representante legal, no caso de atleta menor de 18 anos. Os atletas olímpicos ou paraolímpicos vão receber R$ 2.350; internacional (R$ 1.440); nacional (R$ 1.030); estadual (R$ 650) e estudantil (R$ 440).

“O benefício do Bolsa Atleta irá colocar mais uma vez Nova Iguaçu em evidência, dessa vez colaborando para que os nossos atletas possam ter um desempenho melhor e também ajudando a revelar grandes talentos para inúmeros esportes no Brasil”, afirmou o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa.

Durante o chamamento público, o atleta deve apresentar diversos documentos, como requerimento de inscrição, duas fotos 3×4 coloridas, declaração geral, plano esportivo anual, contendo plano de treinamento, objetivos, metas e calendário de participações previstas para o ano de recebimento do benefício, currículo esportivo com os resultados obtidos nos últimos três anos, contendo fotos, publicações das conquistas em jornais e revistas, declaração em papel timbrado da Confederação específica, declaração de residência, carteira de identidade, CPF, entre outros documentos.

Não poderá se candidatar o atleta que estiver cumprindo suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva por antidoping ou violação das regras do antidoping.

“Além do lado financeiro, o Bolsa Atleta vai estimular e oferecer mais recursos aos atletas para que eles possam treinar e competir em mais torneios. Esperamos, após um ano de programa, atender ainda mais pessoas”, comentou o secretário de Esporte e Lazer de Nova Iguaçu, Fernandinho Moquetá.

Maiores informações através do link: http://www.novaiguacu.rj.gov.br/wp/wp-content/uploads/2022/03/pmni_de_25-03-2022_-_sexta-feira_1final_24084357-1.pdf