Área de Proteção Ambiental de Nova Iguaçu ganha 125 novas mudas de árvores nativas da Mata Atlântica

Em comemoração ao Dia da Árvore, a Secretaria de Meio Ambiente de Nova Iguaçu e a Companhia de Desenvolvimento de Nova Iguaçu (Codeni) realizaram, nesta quarta-feira (21), o plantio de 125 novas mudas na Área de Proteção Ambiental (APA) Morro Agudo, no espaço da antiga Fazendinha, no bairro Gerard Danon. Mais de cem alunos e professores do Colégio Estadual Professora Maria Helena Amaral Alarcão participaram da ação. Eles colocaram a mão na terra para plantarem mudas de árvores nativas da Mata Atlântica como sibipiruna, aroeira, canafístula, paineira, entre outras.

“Nova Iguaçu tem 67% do território composto por APA e 50% é formado por floresta em pé, ou seja, de mata atlântica. Como é uma unidade de conservação ambiental, ela sempre precisa deste importante trabalho de preservação, pois, como sofre com a incidência de queimadas, é importante recuperar o que foi degradado”, comentou o secretário de Meio Ambiente de Nova Iguaçu, Fernando Cid.

 

Ainda segundo ele, o projeto Floresta do Amanhã está sendo responsável pelo plantio de 70 mil mudas na Serra do Vulcão.

Antes do plantio, os alunos e professores deram um abraço simbólico no local. Uma delas foi a estudante Helena Gomes da Cruz, 17 anos, que plantou uma muda de canafístula.

“Quando nossa escola foi convidada fiquei muito feliz, pois quero ajudar na preservação do meio ambiente e educar muitos jovens da minha idade que acabam com as árvores, seja com a queimada ou desmatamento. O mundo está precisando de ajuda e as pessoas parecem que não entendem. Precisamos do verde, do oxigênio”, lembrou a menina.

Também participaram do plantio, equipes da Guarda Ambiental Municipal, do Parque Natural Municipal, Áreas Verdes, a coordenação técnica do CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, campus Nova Iguaçu), além de representantes da Companhia de Desenvolvimento de Nova Iguaçu (Codeni), entre outros.