Arte e cultura atraem público ao Pantanal de Nova Iguaçu

Música, poesia, teatro, leitura e exibição de filmes. Estas foram algumas das atrações da 1ª Ação Arte Ecológica do Pantanal Iguaçuano, realizada no bairro Parque Todos os Santos, às margens do Rio Guandu, na Área de Proteção Ambiental Guandu Açu, local propício para a prática de esportes náuticos, stand up paddle, pesca e passeios de barco. No domingo (17) o Pantanal de Nova Iguaçu foi cenário de encontro entre a cultura e a natureza em evento que recebeu apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMADETUR).

Com o Rio Guandu como pano de fundo, crianças e adolescentes da Orquestra Jovem de Itaguaí fizeram uma apresentação com violinos que emocionou o público. Em seguida, foi a vez de Nélio Fernando recitar a poesia ‘Renova-te’, de Cecília Meireles. Na sequência, a artista Jovânia Carvalho apresentou o projeto ‘Histórias Pra Cantar’, ao som de seu violão. Houve ainda a inauguração do Espaço de Leitura Manoel de Barros, teatro lambe lambe e oficina de pintura.

“Esta é uma região onde estamos buscando implementar a vocação turística e conscientizar a população local para o desafio da preservação ambiental. Queremos atrair estas pessoas através da cultura e da arte”, explica o secretário da SEMADETUR, Fernando Cid, que assistiu às intervenções artísticas.

A dona de casa Rayana Gomes do Nascimento, 20 anos, levou as filhas Giovana e Rafaela e a sobrinha Jeniffer ao evento e ficou surpresa com o que viu. “Achei incrível. Esta é a primeira vez que vejo alguma atividade cultural por aqui. Fiquei muito satisfeita e espero que façam outras ações como esta”, disse a jovem.

Segundo Daniela Martins, moradora do Parque Todos os Santos e organizadora da 1ª Ação Arte Ecológica do Pantanal Iguaçuano, o objetivo é promover edições mensais da atividade cultural no bairro.