Prefeitura de Nova Iguaçu firma parceria com aplicativo Dados do Bem para testar população com suspeita de Covid-19

A Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), firmou parceria com o aplicativo Dados do Bem, que combina inteligência epidemiológica e análise de dados para acompanhar a disseminação do novo coronavírus. Por meio de uma seleção feita pela inteligência artificial do aplicativo, as pessoas que se cadastrarem no Dados do Bem e o resultado da autoavaliação apontar para uma alta probabilidade de Covid-19, elas poderão ser chamadas para a realização de testes imunosorológicos. Os resultados vão auxiliar tanto a população quanto o município na tomada de decisões para o enfrentamento da pandemia.

A ação começa na próxima sexta-feira (26). Para participar da iniciativa, é necessário fazer o download gratuito do Dados do Bem, que está disponível tanto para Android quanto para iOS. O aplicativo seleciona pessoas com suspeita de Covid-19. Não se trata de um diagnóstico, mas de uma avaliação de sinais clínicos e epidemiológicos. A ferramenta é uma iniciativa sem fins lucrativos, desenvolvida pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) e a Zoox Smart Data.

Como vai funcionar:

– Baixe o aplicativo no Apple Store ou Google Play;
– Faça um cadastro simples, com login e senha, e responda um questionário eletrônico, com dados pessoais, histórico de saúde e perguntas sobre sintomas associados à Covid-19;
– Se as respostas apontarem para a possibilidade do usuário estar infectado, o aplicativo gera um QR Code, informando data, hora e local da testagem. Se a pessoa receber indicação para o exame, ela entra em uma fila virtual;
– No dia agendado, é preciso apresentar o QR Code para fazer o teste rápido para Covid-19;
– O resultado é comunicado em minutos pelo celular;
– Em caso de confirmação por Covid-19: a pessoa vai receber orientações pelo aplicativo. Também será solicitado que ele informe até cinco pessoas com quem tenha tido maior contato para que sejam convidadas, por SMS, a realizar a autoavaliação e o teste com prioridade;
– Se o diagnóstico for negativo, é pedido para a pessoa continue seguindo as orientações com relação ao isolamento social;
– Se os sintomas da Covid-19 persistirem, também poderá ser aconselhado a testar novamente (considerando-se o período de sete a 10 dias entre a contaminação pelo vírus e o início da produção de anticorpos).

O Dados do Bem não realiza testagem em massa. O aplicativo integra os dados de risco identificado pela autoavaliação e os resultados de testes sorológicos rápidos aplicados em amostras desta população para realizar análises. Assim, é possível entender o comportamento da disseminação do vírus da área avaliada, fornecendo informações para o combate à epidemia pelo poder público. Vale ressaltar que todos que preenchem o questionário de autoavaliação já estão colaborando com a iniciativa, mesmo aqueles que não são chamados para fazer os testes.