Defesa Civil inicia capacitações de olho no próximo verão

As águas de março já fecharam o verão de 2019. E com o fim da estação mais quente do ano, a Secretaria Municipal de Defesa Civil de Nova Iguaçu inicia em abril uma série de atividades de treinamento e capacitação para prevenção e redução de desastres. A abertura do ano letivo foi na quinta-feira (04), no auditório da UFRRJ – campus Nova Iguaçu, com a apresentação do calendário de cursos e projetos a serem realizados em escolas e áreas de risco. O evento também foi marcado por homenagens a parceiros da Defesa Civil de Nova Iguaçu.

Para este ano, no projeto ‘Escolas Seguras: Desenvolvendo a Resiliência Através da Educação’, estão previstas simulações de desocupação emergencial em seis unidades escolares. A primeira ação entre os dias 9 e 12 de abril, será na Escola Municipal Murilo Costa, no bairro Cerâmica. O projeto é desenvolvido desde 2017 e já capacitou mais de 7 mil alunos e funcionários da rede municipal.

Já a primeira atividade do projeto ‘Comunidades Resilentes’ será no dia 20 de abril, no bairro da Posse, onde haverá um exercício simulado de desocupação das casas em áreas de risco e fuga para o ponto seguro a ser determinado pela Defesa Civil.

O prefeito Rogerio Lisboa participou da solenidade e parabenizou o trabalho que vem sendo realizado pela Defesa Civil de Nova Iguaçu. Segundo ele, a capacitação de voluntários, o projeto ‘Escolas Seguras: Desenvolvendo a Resiliência Através da Educação’ e o mapeamento de áreas de riscos de desastres são fundamentais para evitar tragédias.

“Nós avançamos muito nos últimos dois anos, temos pessoas treinadas em diferentes regiões e aptas para colaborar com a Defesa Civil a qualquer momento. Nas escolas, fazemos simulações com os alunos para que todos estejam preparados em casos de emergência. Este é um trabalho que vem dando certo e vamos continua-lo em 2019”, disse o prefeito.

Segundo o secretário municipal de Defesa Civil, tenente-coronel Jorge Ribeiro Lopes, nos últimos dois anos, o Centro de Treinamento para Emergências e Desastres (CETRED) promoveu 41 cursos e emitiu quase 1.600 certificados para mais de 640 pessoas. “Elas são fundamentais para que estes projetos sejam realizados com eficiência na cidade”, explica o secretário.

O ano letivo da Defesa Civil vai até uma semana antes do início do próximo verão. Além das capacitações nas escolas e cursos para agentes e voluntários, neste período será feito, junto ao Departamento de Recursos Minerais (DRM), o mapeamento de novas áreas de risco de desastres naturais.

“Aproveitamos este período entre verões, quando as chuvas são menos intensas e o risco de desastres é menor, para nos capacitarmos e aperfeiçoarmos. Desta forma, estaremos cada vez mais bem preparados para agir em casos de emergência”, afirma o secretário.

Na abertura do ano letivo, parceiros da Defesa Civil na promoção de cursos, capacitações, treinamentos e na atuação no mapeamento das áreas de risco foram homenageados pelos serviços prestados à população. Entre eles a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMADETUR), o Instituto Estadual do Meio Ambiente (INEA), o Departamento de Recursos Minerais (DRM) e a Cruz Vermelha Brasileira de Nova Iguaçu.