Alunos da rede municipal de Nova Iguaçu aprendem sobre preservação ambiental em exposição itinerante sobre o ciclo da água

A aula desta sexta-feira (23) foi diferente para alunos de cinco escolas da rede municipal de Nova Iguaçu. Em vez de sala, carteira, quadro, livros e cadernos, cerca de 150 estudantes visitaram a exposição “Olho D’Água – Artes Líquidas e Águas Visuais”, um projeto itinerante que acontece na na Praça Céu Guandu, em Jardim Paraíso, até este domingo (25).

Com o tema “Ciclo da água e sua importância para a vida humana e de todos os seres vivos”, a exposição leva o visitante a viajar pelo ciclo da água. As atividades acontecem em um Tech-Truck, um caminhão com uma multi plataforma digital que leva diversas ferramentas artísticas e tecnológicas para conectar o público por meio da visão, do som e do movimento, proporcionando uma experiência totalmente interativa. Óculos de realidade virtual também são utilizados e fazem as crianças se sentirem transportadas para diversos lugares.

Aluno do 5º ano do CIEP 360 Professora Iara Simão Vieira, Artur José da Silva, 10 anos, ficou encantado com uma maquete que mostra o ciclo da água e sua utilização na produção de energia. O que mais o fascinou, no entanto, foi a atividade com uso dos óculos de realidade virtual.

“Aprendi muito sobre a importância da preservação da água, pois só existe 1% de água doce no planeta. Temos que cuidar da natureza”, disse Artur, prometendo mudar hábitos que façam mal ao meio ambiente.

A exposição é viabilizada pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo, e teve início no dia 1º de setembro. Desde então, o caminhão já passou pelas cidades de Belford Roxo, Queimados e Japeri. Depois de dois dias exclusivos para alunos da rede pública, o projeto será aberto ao público neste sábado e domingo, das 14h às 18h.