Artesãos de Nova Iguaçu recebem novas carteirinhas

Ainda criança, a enfermeira Carla Núbia Matos dos Santos, de 48 anos, aprendeu o artesanato com a mãe. Se antes era apenas um hobby, hoje, principalmente após a pandemia da Covid-19, Carla fez do artesanato sua principal fonte de renda. Ela e outras 632 artesãs receberam, nesta quinta-feira (11), as carteirinhas do Programa Municipal de Artesanato da Prefeitura de Nova Iguaçu, entregues pela Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig). A cerimônia aconteceu na Casa de Cultura da cidade. No total, o Programa reúne 2.373 artesãs e artesãos.

“Agora me sinto oficialmente uma profissional do artesanato. Durante a pandemia, comecei a levar o artesanato que faço com crochê e flores mais a sério. Se antes era uma renda extra, agora essa é a minha profissão. Quero trabalhar em feiras e polos para vender cada vez mais”, destacou Carla.

Das 633 carteirinhas, 349 foram renovadas e outras 284 entregues para novos artesãos, que ingressaram no Programa Municipal de Artesanato, coordenado pela FENIG.

A artesã Erilaine Gregório Francisco, de 34 anos, disse que a carteira da Fenig também vai estimular os profissionais a explorar mais as redes sociais para mostrar seus artesanatos.

“Faço colares para elevar a autoestima das mulheres e quero que elas se tornem mais conhecidas. Divulgar o trabalho no Facebook, Instagram, WhatsApp, entre outros, é fundamental. E aqui também recebemos orientações. Quero explorar meu marketing e aprender a vender pela Internet”, contou ela.

Aos 77 anos, o aposentado José Rosa provou que nunca é tarde para começar. Cadastrado na FENIG, ele garante que vai poder expor seus produtos nas feiras da cidade.

“Todos vão comprar mais os meus cordões, brincos e pulseiras que produzo. Essa carteirinha vai abrir portas”, afirmou.

O presidente da Fenig, Miguel Ribeiro, e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Mário Lopes, participaram da entrega das carteirinhas.

Além das feiras, são oferecidos aos artesãos cadastrados oficinas de capacitação e aperfeiçoamento de suas técnicas de trabalho e venda, além de palestras. Todos os anos, eles são enviados para grandes eventos e encontros estaduais e nacionais, como a Rio Artes Manuais e a Mega Artesanal, que acontece em São Paulo. Outro ponto a se destacar em relação aos benefícios do cadastro no Programa são os descontos em lojas parceiras do segmento, oferecendo descontos de até 30% nas compras de matérias-primas e equipamentos para confecção de seus produtos.