Com a liberação do aplicativo da Caixa para saque do FGTS, Prefeitura auxiliará cidadãos no processo de solicitação

As vítimas do temporal que atingiu Nova Iguaçu no início do mês de abril e que estão enfrentando dificuldades para fazer a solicitação do saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) junto à Caixa terão auxílio da Prefeitura a partir desta segunda-feira (9). Para isso, 16 postos estarão disponíveis para o atendimento ao cidadão, que poderá sanar dúvidas sobre como utilizar o aplicativo FGTS, ferramenta online para a solicitação do saque.

 

A Prefeitura destaca, porém, que a solicitação do benefício e sua liberação é feita exclusivamente pela Caixa, devendo o cidadão procurar, primeiramente, o banco. Caso não tenha seu endereço cadastrado na listagem de ruas afetadas pelas chuvas ou não possua comprovante de residência, o cidadão pode, então, procurar um dos 16 postos de atendimento da Prefeitura.

 

“Nossa orientação é que o cidadão busque a praticidade do atendimento virtual por meio do aplicativo FGTS. Caso não seja possível, ele deverá ir a uma agência da Caixa. Se ainda assim o caso não for resolvido, ele poderá procurar o serviço da Prefeitura. Teremos equipes especializadas que irão receber as solicitações, cadastrar novos endereços e emitir, após análise, uma Declaração de Residência exclusiva para o saque”, orienta o secretário de Defesa Civil, Jorge Ribeiro Lopes.

 

O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, nas sedes das secretarias municipais de Assistência Social (SEMAS) e de Defesa Civil (SMDC), e também em 14 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS) do município.

 

Confira a lista dos Postos de Atendimento ao Cidadão

– Secretaria Municipal de Defesa Civil

– Secretaria Municipal de Assistência Social

– Cras Maxambomba

– Cras Austin

– Cras Estação Morro Agudo

– Cras Fazenda São Bernardino

– Cras Terra de Marambaia

– Cras Bom Retiro

– Cras Monte Verde

– Cras Serra do Vulcão:

– Cras Águas o Guandu

– Cras Fazenda Cabuçu

– Creas Comendador Soares

– Creas Valverde

– Creas Moquetá

– Creas Estrada de Ferro Leopoldina

 

 

Solicitação junto à Caixa já pode ser feita

 

A Caixa Econômica Federal iniciou o atendimento às vítimas do temporal na última quinta-feira (5). Tem direito ao saque o trabalhador titular de conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS que resida em área do município, sob vigência da declaração de Situação de Emergência, conforme relatório da Secretaria Municipal de Defesa Civil encaminhado à Caixa. É necessário possuir saldo positivo na conta e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00 por conta vinculada.

 

A solicitação deve ser feita exclusivamente pelo App FGTS até o dia 13 de julho, caso a pessoa tenha algum problema no acesso, deve ir diretamente em uma agência física da Caixa. É preciso apresentar comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido nos últimos 120 dias anteriores à decretação de Situação de Emergência, ou seja, entre 15 de dezembro de 2021 e 12 de abril de 2022, documento de identificação do trabalhador ou diretor não empregado, CPF e carteira de trabalho (física ou digital) ou qualquer outro documento que comprove o vínculo empregatício. Caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro, é necessário apresentar Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável.

 

Saque 100% digital — App FGTS

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS.

Como solicitar o saque FGTS

Seguem orientações para o trabalhador que tiver direito ao saque emergencial:

– Fazer o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidade pública” — acessar a cidade;

– Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação da Situação Emergencial;

– Selecionar a opção para creditar o valor em conta Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou outro banco e enviar a solicitação;

– O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.