Alunos da rede municipal de Nova Iguaçu começam a receber cartões-alimentação

A Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), começou, nesta segunda-feira (6), a entregar cartões-alimentação para mais de 65 mil alunos da rede pública, que estão com suas aulas suspensas desde o dia 16 de março devido à pandemia da Covid-19. O valor do cartão é de R$ 110 e poderá ser usado em estabelecimentos comerciais conveniados à rede Alelo. O cartão-alimentação tem prazo de validade de 90 dias e não é recarregável. A distribuição vai ocorrer até o dia 16 de julho e será organizada pelos diretores das 141 unidades, entre escolas e creches, para evitar aglomerações.

Nesta segunda, o cartão foi entregue em nove escolas de Austin e Rodilândia. Nesta terça-feira (7), a distribuição será novamente em escolas de Austin e também de Miguel Couto e Tinguá.

“Estamos fazendo a entrega dos cartões-alimentação de forma organizada, sem aglomeração e esperamos terminá-la em no máximo dez dias. Será um benefício para cada um dos 65 mil alunos da nossa rede. É uma ajuda fundamental para nossos estudantes e seus pais neste momento de pandemia, que vem afetando toda a população”, afirmou o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa.

A entrega acontece nas escolas em que o aluno está matriculado. Os diretores avisam o dia e hora para a retirada do cartão aos responsáveis pelas redes sociais, WhatsApp e blogs. O controle é feito pelo nome do aluno e por sua matrícula e os responsáveis assinam o recebimento, mostrando CPF e identidade. Os cartões-alimentação só poderão ser usados na compra de produtos alimentares.

Na entrada das unidades, funcionários da Secretaria de Educação estão higienizando as mãos dos pais dos alunos com álcool.

“Tinha recebido a cesta básica da Prefeitura e conseguimos nos manter por um bom tempo. Como eu e meu marido estamos desempregados, esse cartão veio em boa hora. Além do arroz e feijão, vou poder comprar outras coisas que minha filha adora”, disse a dona de casa Juliana Souza Oliveira, de 25 anos, mãe de Ana Júlia, de 4 anos, aluna da Escola Municipal José Luiz da Silva.

Para a secretária municipal de Educação, Maria Virgínia Andrade, o cartão possibilita a compra de alimentos perecíveis.

“Desta vez estamos oferecendo o Cartão-Alimentação para que os pais adquiram os itens que complementem a alimentação dos nossos alunos, como proteínas e vegetais. Podemos garantir uma alimentação saudável neste tempo de pandemia”, afirmou.

Em abril e maio, a Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu entregou cestas básicas para os cerca de 65 mil alunos, com 15 itens, como arroz, feijão, açúcar, óleo de soja, farinha de mandioca, sal, macarrão, café, achocolatado em pó, biscoito, extrato de tomate, fubá de milho e leite em pó.

Clique aqui e confira o cronograma de entregas e onde o cartão é aceito