Defesa Civil de Nova Iguaçu realiza exercício simulado como preparação para impactos das chuvas de verão

Com a chegada do verão, em 21 de dezembro, a Secretaria Municipal de Defesa Civil de Nova Iguaçu coordenou, nesta segunda-feira (29), um exercício simulado para os possíveis impactos das chuvas dessa época do ano. Para a simulação, realizada no Dia Estadual de Redução de Riscos de Desastres, foram mobilizados todos os 36 locais definidos como Pontos de Apoio (PA) e Abrigos Temporários (AT).

O exercício simulado aconteceu simultaneamente em todos os pontos e abrigos _ 20 escolas municipais, duas estaduais e uma particular, duas igrejas católicas e 11 evangélicas _, sem atrapalhar a rotina de funcionamento desses locais.

Cada responsável de um local gravou um vídeo curto para o grupo de WhatsApp criado pela Defesa Civil. Nele, eles se identificavam, informavam o endereço de seu ponto e que ele já estava pronto para receber as famílias afetadas por desastres.

O secretário de Defesa Civil, Jorge Lopes, acompanhou o exercício em tempo real no gabinete de crise estabelecido na Secretaria. A secretária de Assistência Social, Elaine Medeiros, e representantes da Secretaria de Educação também acompanharam a simulação.

“Estamos nos aproximando do verão, uma estação com chuvas mais intensas, que provocam alguns eventos danosos e precisamos estar preparados”, afirma Jorge Lopes. “O ponto de apoio é a ponta do nosso sistema de ajuda, pois eles recebem as pessoas que são afetadas de imediato por essas intempéries”.