Maternidade Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, ganha mais uma enfermaria reformada

A Prefeitura de Nova Iguaçu segue avançando com obras nas principais unidades de saúde do município. Nesta quarta-feira (29), a Maternidade Mariana Bulhões, referência no atendimento de média e alta complexidade às gestantes de toda a Baixada Fluminense, entregou mais uma enfermaria totalmente reformada. A unidade não recebia grandes melhorias em sua infraestrutura desde que reabriu, em dezembro de 2013.

A enfermaria entregue, a maior da ala mais antiga da maternidade, foi praticamente refeita e agora conta com um novo posto de enfermagem, um fraldário e um banheiro, que antes não tinha no local. Com capacidade para sete leitos, o espaço passou por manutenção na parte hidráulica e elétrica, correção de infiltrações, pinturas, troca de portas, colocação de uma nova laje, melhoria no sistema de iluminação e refrigeração. Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, o serviço foi feito número reduzido de funcionários, para evitar aglomerações.

“Estamos fazendo as obras para melhorar a qualidade da infraestrutura sem deixar de oferecer assistência às pacientes que chegam de toda à Baixada Fluminense. Entregamos mais uma enfermaria da maternidade, que antes apresentava diversos problemas estruturais e foi totalmente reformada”, destaca o secretário municipal de Saúde, Manoel Barreto, que relembrou o avanço das reformas.

A primeira paciente no novo espaço foi Izabel Moura Baptista, de 34 anos. Moradora de Queimados, ela deu a luz à pequena Esther na última terça-feira (28), depois de passar por uma gestação de risco, agravada por problemas de saúde. Buscou atendimento no município onde reside, mas pela complexidade de seu caso, precisou ir para a Maternidade Mariana Bulhões para fazer o parto. Com a filha no colo, ela relembrou as dificuldades e elogiou a nova estrutura da enfermaria.

“Minha gestação era de alto risco, pois sou hipertensa e diabética. Procurei a Maternidade Mariana Bulhões, onde minha segunda filha nasceu há três anos e correu tudo bem. Fui colocada nessa enfermaria e toda estrutura que a mãe e a gestante merecem. Isso representa um ganho muito grande, um carinho a mais para a população”, ressalta ela.

O diretor da maternidade, Nilson Gomes, destacou a importância da nova enfermaria. “A maternidade continua sempre acima de sua capacidade instalada, enquanto trabalhamos para melhorar a infraestrutura. Com a entrega da nova enfermaria, as pacientes terão uma nova ambiência em um espaço com mais comodidade e profissionais do posto de enfermagem para ampliar a assistência”, explica ele.