Prefeitura de Nova Iguaçu inicia testes rápidos para Covid-19 em população cadastrada por aplicativo Dados do Bem

A Prefeitura de Nova Iguaçu começa, nesta sexta-feira (26), a fazer testes rápidos para identificar a Covid-19 em pessoas cadastradas e selecionadas pelo aplicativo Dados do Bem. A ação acontece no campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, a partir das 8h. O grande objetivo desta parceria é a mobilização da população no auxílio à Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) no monitoramento de casos suspeitos do novo coronavírus no município e, assim, intensificar ações de combate à doença.

A testagem funciona a partir de uma seleção feita pelo próprio aplicativo por inteligência artificial, cruzando dados referentes aos sintomas da doença preenchidos pelas pessoas na autoavaliação. Dessa forma, somente as pessoas selecionadas pelo Dados do Bem são chamadas para comparecer ao local para a testagem rápida. O resultado será enviado para o celular de quem for testado, bem como orientações para a doença. Vale ressaltar que não haverá atendimento para quem não for escolhido pelo aplicativo.

Como vai funcionar:

– Baixe o aplicativo no Apple Store ou Google Play;
– Faça um cadastro simples, com login e senha, e responda um questionário eletrônico, com dados pessoais, histórico de saúde e perguntas sobre sintomas associados à Covid-19;
– Se as respostas apontarem para a possibilidade do usuário estar infectado, o aplicativo gera um QR Code, informando data, hora e local da testagem. Se a pessoa receber indicação para o exame, ela entra em uma fila virtual;
– No dia agendado, é preciso apresentar o QR Code para fazer o teste rápido para Covid-19;
– O resultado é comunicado em minutos pelo celular;
– Em caso de confirmação por Covid-19: a pessoa vai receber orientações pelo aplicativo. Também será solicitado que ele informe até cinco pessoas com quem tenha tido maior contato para que sejam convidadas, por SMS, a realizar a autoavaliação e o teste com prioridade;
– Se o diagnóstico for negativo, é pedido para a pessoa continue seguindo as orientações com relação ao isolamento social;
– Se os sintomas da Covid-19 persistirem, também poderá ser aconselhado a testar novamente (considerando-se o período de sete a 10 dias entre a contaminação pelo vírus e o início da produção de anticorpos).

O Dados do Bem não realiza testagem em massa. O aplicativo integra os dados de risco identificado pela autoavaliação e os resultados de testes sorológicos rápidos aplicados em amostras desta população para realizar análises. Assim, é possível entender o comportamento da disseminação do vírus da área avaliada, fornecendo informações para o combate à epidemia pelo poder público. Vale ressaltar que todos que preenchem o questionário de autoavaliação já estão colaborando com a iniciativa, mesmo aqueles que não são chamados para fazer os testes.