Nova Iguaçu toma providências no caso da morte confirmada por sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Iguaçu, assim que soube da morte de uma criança por suspeita de sarampo em um abrigo filantrópico, em Vila de Cava, no início de janeiro, enviou uma equipe da Vigilância Epidemiológica ao local para fazer o bloqueio vacinal no abrigo e nos moradores da região. Todas as crianças e funcionários foram imunizados e realizaram testes, sendo confirmada a doença em três menores e uma funcionária. Além disso, as cadernetas de vacinação das crianças, que estavam atrasadas, foram atualizadas. Com a internação da criança no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), todos os funcionários da unidade também foram imunizados.

A Prefeitura de Nova Iguaçu intensificou a campanha de vacinação contra o sarampo, disponibilizando um ônibus de imunização durante a ação social Prefeitura Presente, que percorre vários bairros do município semanalmente. A procura aos postos pela vacina ainda está sendo baixa. A Prefeitura pede que as pessoas, entre 6 meses e 59 anos, que ainda não foram vacinadas contra a doença, procurem os postos de saúde do município, que funcionam de segunda a sexta, das 8h às 17h, para serem imunizadas.

Neste sábado (15), no Dia D de combate ao sarampo, os 50 postos de saúde em Nova Iguaçu estarão abertos para a aplicação da vacina, das 8h às 17h.

A lista das salas de vacinação:

Salas de vacinação Dia D (15)