Festa caipira leva alegria a pacientes do Casf

Teve comida típica, pescaria, música e muita alegria. Cerca de 50 pacientes do Centro de Atenção em Saúde Funcional (CASF) Ramon Pereira de Freitas, de Nova Iguaçu, a antiga AACD, participaram nesta quarta-feira (17), da tradicional festa caipira. “Essa festa encanta crianças e traz mais alegria para todos nós. Muitos no ano passado estavam na cadeira de rodas e agora já conseguem dançar a tradicional ‘quadrilha’. É uma emoção para todos, aumenta o vínculo entre os pacientes e funcionários”, contou a diretora interina do Casf, Denise Flávio de Carvalho Botelho.
Mãe do pequeno João Vitor, de 7 anos, a dona de casa Natália Gomes, 27, destacou que a festa estimula ainda mais o filho ir ao tratamento que faz de fisioterapia e hidroterapia. “Ele teve paralisia cerebral, não andava e agora já está com o andador. Isso é uma grande evolução no quadro dele. Cadeira de rodas agora só quando vai à escola. Tenho fé que na Festa Julina do próximo ano estará dançando”, disse a dona de casa.
A antiga AACD fechou as portas em março de 2018 deixando centenas de pacientes com o tratamento interrompido. A Prefeitura de Nova Iguaçu assumiu a gestão da unidade logo após o fechamento, para não deixar os pacientes sem atendimento. O local passou a se chamar Centro de Atenção em Saúde Ramon Pereira de Freitas. Logo no primeiro mês nas mãos da administração municipal a fila de espera para início de tratamento foi zerada, ampliando de 230 pacientes atendidos por mês para 253, além de retomar a oficina ortopédica, que já havia sido fechada pela AACD. Atualmente, o Casf atende 500 pacientes por mês.