“Música na Natureza” fecha a 3° Jornada Ambiental de Nova Iguaçu

O último final de semana em Nova Iguaçu foi de conscientização ecológica e muita diversão no Parque Municipal Natural. No domingo (9), o projeto Música na Natureza marcou o encerramento da 3° Jornada Ambiental de Nova Iguaçu. Ao som do rock pop de Alex Kid e sua banda, mais de 300 pessoas aproveitaram a manhã dançando e praticando exercícios como caminhadas nas trilhas do Parque.

A recepcionista bilíngue Aline Fernandes juntou as amigas Debora Tania Barbosa e Regina de Souza, para aproveitarem o domingo ao ar livre. “Soubemos do evento através de grupos de WhatsApp e já colocamos na agenda. Moro a quatro quilômetros do parque e vim caminhando. Esse lugar tem uma energia boa e me senti muito segura na trilha. Mais pessoas deveriam conhecer”, disse ela.

Já no sábado (8), mais de 50 pessoas se mobilizaram para um mutirão de limpeza do Parque. Entre os lixos recolhidos foram encontrados papéis de bala, pacotes de biscoito e até latinhas de refrigerantes. O lixo é descartado de forma irregular pelas pessoas que fazem trilha no Parque. Vale ressaltar que jogar lixo no chão é crime, previsto em lei.

A 3° Jornada Ambiental de Nova Iguaçu foi realizada entre os dias 4 a 9 de junho, para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5. A abertura foi com a exposição “Um Voo Para a Liberdade”, com gaiolas apreendidas pela Guarda Ambiental Municipal e transformadas em arte por alunos da rede municipal.

Algumas novidades foram anunciadas para a área ambiental do município durante a Jornada. Uma delas foi a convocação de mais 11 guardas ambientais, aprovados no primeiro concurso público para a Guarda Ambiental Municipal (GAM), em 2016. Eles foram convocados no último dia 7. A equipe conta agora com 33 membros. Outra, foi o lançamento do aplicativo “Trilhas de Nova Iguaçu”. O app, que já está disponível para download, traz 11 trilhas espalhadas pelo Parque Natural Municipal e pela região do Tinguá onde é permitido o trekking. Pelo aplicativo é possível obter informações sobre cada trilha, como distância do percurso, altitude, grau de dificuldade e dados históricos.

“Nova Iguaçu tem uma grande vocação para o ecoturismo e recebe visitantes vindos de todas as partes do estado. O aumento do efetivo da Guarda Ambiental vai proporcionar uma cobertura mais ampla, atraindo mais turistas”, enfatiza o prefeito Rogerio Lisboa.

“Estamos dando mais visibilidade aos pontos turísticos naturais de Nova Iguaçu. O Parque Municipal, por exemplo, é o sétimo mais visitado do Estado. Em 2016, recebeu 7.600 frequentadores, enquanto no ano passado foram mais de 27 pessoas”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fernando Cid.