Vacinação, exames grátis e serviços de assistência social em mais uma edição do ‘Prefeitura Presente’

 

O autônomo Wilson do Nascimento, de 55 anos, acordou cedo para quebrar um tabu. Ele esteve nesta quinta-feira (13) em mais uma edição do projeto ‘Prefeitura Presente’ para tentar provar que o homem também se preocupa com sua saúde. O evento, que aconteceu na entrada do bairro Aliança, em frente ao condomínio Villa Toscana, na Rua Nordeste s/ nº, levou gratuitamente serviços de assistência social, saúde e educação.

“Todo mundo fala que o homem é machista até mesmo para fazer um exame de próstata. Mas estou aqui para mostrar que podemos ter um tempo sim para cuidar da saúde. Vim fazer todos os testes rápidos como o de glicose e hepatite B e C, mas principalmente o de HIV e sífilis, que não são baratos, mas aqui são gratuitos. Temos que estar atentos às doenças sexuais transmissíveis”, lembrou Wilson, morador do Conjunto da Marinha, que fica próximo ao Villa Toscana.

Quem foi ao evento ainda pôde fazer exame de glicemia capilar, aferir a pressão, conseguir a isenção da segunda via de certidões de nascimento, casamento e óbito de outros estados, além de cadastramento e recadastramento do Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada, Vale Social, carteira de trabalho, ID Jovem, distribuição da caderneta do idoso e reconhecimento de paternidade.

A Vacinação Móvel, que ofereceu vacinas contra a Pólio, Tríplice Viral, HPV, Influenza e Febre Amarela também chamou atenção e teve bastante aceitação. Aos 42 anos, a cabeleireira Sônia Pereira dos Santos, deixou o seu apartamento do Villa Toscana 4 (Maranhão) para colocar em dia sua caderneta de vacinação.

“Agora me sinto protegida e imune às doenças. Faltava me vacinar contra a febre amarela e a gripe. Vi pelas redes sociais da Prefeitura (Facebook) que esta ação iria voltar nesta região e não podia perder a oportunidade. Esses serviços na porta de casa são importantes, pois atraem a população”, disse Sônia, que fez exames rápidos e o recadastramento do Bolsa Família.

A Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG) ainda disponibilizou o projeto Matemática na Praça, que atraiu muitas crianças, que através de jogos e brincadeiras aprenderam sobre a matemática. A Superintendência de Vigilância Ambiental (Suvam) também marcou presença dando orientações sobre a água (Vigiágua) e com o Programa de Controle de Roedores (PCR).

O pedreiro Fábio Luís Dutra, de 37, esteve no Villa Toscana com a esposa e os três filhos, de 2 meses, 7 e 10 anos para buscar as chaves do apartamento novo. Ao sair do local, se deparou com o ‘Prefeitura Presente’ e ficou surpreso com a oferta de serviços oferecidos.

“Vim resolver a questão de mudança já com as chaves na mão, mas não poderia deixar de fazer os testes rápidos e resolver questões de documentos. Minhas filhas adoraram saber sobre a prevenção contra o caracol africano”, comentou.